dieta atkins

Dieta Atkins – GUIA PASSO A PASSO

Existem diversos tipos de dieta que tem como princípio o baixo consumo de carboidratos. Normalmente são denominadas de low carb (que traduzindo seria pouco carboidrato). E dentre essas variantes temos a dieta dukan e a dieta Atkins.

A principal diferença entre a dieta Atkins e a dieta Dukan é o consumo de gorduras. A Dukan costuma restringir o consumo tanto de gorduras quanto de carboidratos, enquanto a Dieta Atkins libera o consumo de embutidos e carnes gordurosas, estando liberado até o bacon!

 

A nova dieta Atkins

Antes, a dieta Atkins não era dividida em fases, como é agora. Ela só cortava o consumo de diversos carboidratos e partia do princípio de que mesmo que você consumisse gorduras, emagreceria.

Mas, depois do grande sucesso da dieta Dukan, a Atkins acabou sofrendo modificações e também foi dividida em fases!

 

Como a dieta Atkins funciona

Nosso corpo gasta energia para realizar qualquer ação – inclusive respirar – então a todo momento estamos gastando energia.

Os carboidratos são a maior fonte de energia. E quando falamos de carboidratos, podemos citar: batata, arroz, farinha, pães, bolo, massa, açúcar e doces.

Quando nós consumimos mais energia do que o nosso corpo é capaz de gastar, acumulamos essa energia na forma de gordura (mesmo que ela atenha vindo de carboidratos) e acabamos engordando.

Já quando gastamos mais energia do que consumimos, acabamos utilizando das nossas reservas e consequentemente emagrecendo.

Como os carboidratos são a maior fonte de energia, ao cortá-los da nossa dieta nosso corpo precisa retirar energia do estoque, ou seja, da gordura.

Mas e a gordura? O principal problema do consumo de gorduras é que ela costuma ser prejudicial ao nosso corpo, além de quase sempre vir acompanhada de um carboidrato.

Por exemplo os salgados fritos. Eles são uma bomba de carboidratos e gordura. E gordura da pior qualidade, por isso, nosso corpo acaba armazenando muita energia.

A gordura que é liberada na dieta Atkins é a gordura animal, ou seja, ela vem acompanhada de proteína.

Além disso, há uma outra razão pela qual a dieta Atkins libera o consumo de gorduras. Alguns médicos acreditam que se nós ingerimos gordura, nosso corpo vai começar a queimar essa gordura para transformá-la em energia.

Assim que a gordura ingerida acabar, o corpo vai buscar outra fonte de gordura para queimar, já que já era esse componente que ele estava consumindo, ou seja, a queima de gordura corporal se torna muito mais fácil e muito mais intuitiva para o corpo, o que ajuda no emagrecimento.

Mas isso funciona muito melhor se você estiver praticando algum exercício físico, por exemplo, se você acabou de comer bacon e foi fazer uma caminhada ou foi à academia.

Fases da Dieta Atkins

dieta-atkins

Como já dissemos, a dieta Atkins é dividida em fases. Mas ao contrário da Dukan, você nem sempre precisa começar pela fase 1.

Você vai decidir em qual fase entrar (e quando mudar de fase) de acordo com quantos quilos você quer perder.

Então leia a explicação de cada uma das fases para saber por onde começar e quais são os seus próximos passos!

Fase 1 -Indução

Comece por aqui se você quer perder mais de 7kg.

A fase 1 é a fase onde você perde mais peso e de forma mais rápida.

Ela é a fase mais chatinha pois tem uma série de regras que você precisa seguir.

A primeira delas é em relação ao consumo de carboidratos. Quando você for olhar o rótulo de algum alimento para saber quanto tem de carboidrato, você verá que os carboidratos normalmente são divididos em 2: fibras e carboidratos totais.

Você precisa pegar o valor das fibras e diminuir do valor dos carboidratos totais, assim você saberá a quantidade de carboidratos líquidos que está ingerindo.

Então por exemplo, se um alimento tem 100g de carboidratos e 20g de fibra, na verdade você pode contabilizar como 80g de carboidratos líquidos.

Agora vamos as regras:

-Consuma no máximo 20g de carboidratos líquidos por dia

-Faça no mínimo 3 refeições diárias

-Não passe mais de 6 horas sem comer

-Coma cerca de 115 a 175 g de proteínas em Todas as refeições, inclusive no café da manhã

Algumas observações:

-Algumas carnes processadas, como alguns tipos de bacon são curados no açúcar, o que aumenta a sua quantidade de carboidratos. Então, antes de consumi-lo, é melhor checar o rótulo.

-O leite está proibido nessa fase. Ao contrário do que muita gente pensa, o leite possui sim carboidratos e dependendo da quantidade ingerida poderia estourar as gramas liberadas para consumo diário.

-Você pode consumir creme de leite no lugar de leite. Se quiser toma-lo, você pode dilui-lo em um pouco de água.

Fase 2 – Perda de peso continuada

Quando iniciar: quando você estiver a 7kg do seu peso ideal

Nessa fase você vai começar a testar quanto de carboidrato você pode consumir sem que isso te faça engordar.

Para isso, vamos começar a aumentar – gradativamente – o consumo de carboidratos.

Você inicia essa fase da Dieta Atkins comendo 25g diárias de carboidratos líquidos.

Regras da fase 2

-Semanalmente aumente 5g de carboidratos líquidos.

-Aproveite para consumir também nozes e frutas secas, sempre tomando cuidado para não ingerir mais do que as gramas recomendadas para sua semana

-Tome 2 litros de água todos os dias

-Consuma proteína em todas as refeições, entre 115 a 175g.

Algumas observações:

-Pode acontecer de você voltar a ganhar peso. Se isso acontecer, volte a reduzir os carboidratos até descobrir qual é seu ponto máximo.

-Se você ainda tem muita vontade de comer, é melhor se manter na fase 2 por mais tempo, até que essa vontade esteja sob controle

-Se você está fazendo essa dieta para melhorar os níveis de açúcar ou de colesterol, mantenha-se na fase 2 até que os seus níveis estejam adequados.

-Caso você volte a engordar, repense os alimentos que está consumindo e verifique se não pode ser algum deles que está te causando isso.

 

Fase 3 – Pré manutenção

dieta-atkins2Passe para fase 3 se você está a menos de 4,5 kg do seu peso ideal.

Na fase 3 você vai realmente descobrir qual é o seu limite diário de consumo de carboidratos. Para isso, vamos aumentar 10g diárias.

Então, se você finalizou a fase 2 comendo 40g diárias de carboidratos líquidos, aumente para 50 logo na primeira semana e vá aumentando 10g até finalizar a fase.

Uma coisa importante sobre a fase 3 é que ela costuma ser mais lenta. Mas, você já perdeu quase todos os quilos que gostaria de emagrecer, então agora é a hora de consolidar seus hábitos alimentares para ter certeza de que você não vai voltar a engordar.

Nessa fase todos os alimentos estão liberados, desde que você não ultrapasse a sua cota diária.

Você vai aumentar a sua cota de carboidratos até que perceba que começou a ganhar peso. Nesse caso, diminua 10g semanalmente até voltar a perder peso e mantenha-se assim até perder todos os quilos que deseja.

Depois que você já tiver perdido todos os quilos que deseja, passe mais 30 dias consumindo essa mesma quantidade de carboidratos.

Caso você perceba que algum alimento tem te deixado com vontade de consumir mais carboidratos, retire-o do seu cardápio.

A fase 3 é muito importante pois vai te ajudar a consolidar uma rotina de alimentação saudável. Você vai aprender muito sobre você mesmo e sobre quais alimentos você pode ou não consumir.

Agora que já faz 30 dias que você está com o seu peso ideal, é hora de passar para a fase 4!

Fase 4 – Manutenção

A fase 4 nunca acaba e na verdade é mais um estilo de vida.

Você deverá continuar consumindo as mesmas coisas que já consumia na fase 3.

Lembre-se dos seus limites e de quanto carboidrato você pode consumir diariamente para que não engorde.

Uma outra consideração importante e que funciona bastante para manutenção do peso é uma das bases da dieta Paleo: se você está consumindo gordura (como pele de frango ou bacon) não consuma carboidratos. Já se você está consumindo carboidratos, procure não consumir gorduras. Assim você fica com uma dieta mais equilibrada e não corre o risco de consumir mais energia do que seu corpo consegue consumir.

Lembre-se também de continuar bebendo bastante água e de praticar exercícios físicos, se possível.